Quem Somos

10 anos no mercado fazendo a diferença

A Rede Incentive é uma empresa especializada no gerenciamento de recursos públicos através de projetos nas Leis de Incentivo ao Esporte a nível Federal e Estadual, além dos recursos do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC), advindos da loteria esportiva, regulamentado pela Nova Lei Pelé.

Desde 2011, buscando a perfeita integração das partes envolvidas no processo de descentralização da política pública de esporte no país, somos o elo entre o poder público, os patrocinadores e as entidades esportivas.

Kellyson Salgado Gomes

Líder Executivo da Rede Incentive

  • Graduado em Educação Física pela Universidade Federal de Viçosa.
  • Graduado em Administração de Empresas pelo Centro Universitário Newton Paiva.
  • Pós-Graduado em Administração e Marketing Esportivo pela Gama Filho.
  • Pós-Graduado em Gerenciamento de Projetos pelo IETEC-MG.
  • Atuou como Chefe de Departamento de Projetos Incentivados do Minas Tênis Clube de 2011 a 2015.
  • Atuou como Coordenador Geral de Gestão da Lei de Incentivo ao Esporte, do Ministério do Esporte entre 2018 e 2019.
  • Mais de 400 projetos aprovados nas Leis de Incentivo, Comitê Brasileiro de Clubes e Convênios com o Governo Federal, através do SICONV.
  • Palestrante e Professor sobre o tema Leis de Incentivo ao Esporte.

Fontes de Recursos

Lei Federal de Incentivo ao Esporte

Permite que empresas e pessoas físicas invistam parte do que pagariam de Imposto de Renda em projetos esportivos aprovados pela Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania. As empresas podem investir até 1% desse valor e as pessoas físicas, até 6% do imposto devido.

Lei Estadual de Incentivo ao Esporte (MG)

A Lei Estadual de Incentivo ao Esporte de MG, nº 20.824/2013, regulamentada pelo decreto estadual nº 46.308/2013, possibilita que a dedução entre 0,01% e 3% do ICMS corrente devido pelas empresas, seja destinada a projetos esportivos aprovados pela Secretaria de Estado de Esportes (SEESP).

cbcTHIS

Comitê Brasileiro de Clubes

É uma fonte exclusiva para clubes formadores de atletas, com recursos advindos das loterias, repassados pela CBC aos clubes imediatamente após aprovado o projeto.