Sobre Nós

Kellyson Salgado Gomes

Líder Executivo da Rede Incentive

  • Graduado em Educação Física pela Universidade Federal de Viçosa.
  • Graduado em Administração de Empresas pelo Centro Universitário Newton Paiva.
  • Pós-Graduado em Administração e Marketing Esportivo pela Gama Filho.
  • Pós-Graduado em Gerenciamento de Projetos pelo IETEC-MG.
  • Atuou como Chefe de Departamento de Projetos Incentivados do Minas Tênis Clube de 2011 a 2015.
  • Atuou como Coordenador Geral de Gestão da Lei de Incentivo ao Esporte, do Ministério do Esporte entre 2018 e 2019.
  • Mais de 200 projetos aprovados nas Leis de Incentivo, Comitê Brasileiro de Clubes e Convênios com o Governo Federal, através do SICONV.
  • Palestrante e Professor sobre o tema Leis de Incentivo ao Esporte.

10 anos no mercado fazendo a diferença

A Rede Incentive é uma empresa especializada no gerenciamento de recursos públicos através de projetos das Leis de Incentivo ao Esporte a nível Federal e Estadual, além dos recursos do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC), provenientes da Nova Lei Pelé.

Desde 2011, buscando a perfeita integração das partes envolvidas no processo de descentralização da política pública de esporte no país, somos o elo entre o poder público, os patrocinadores e as entidades esportivas.

Fontes de Recursos

Lei Federal de Incentivo ao Esporte

Permite que empresas e pessoas físicas invistam parte do que pagariam de Imposto de Renda em projetos esportivos aprovados pela Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania. As empresas podem investir até 1% desse valor e as pessoas físicas, até 6% do imposto devido.

Lei Estadual de Incentivo ao Esporte (MG)

A Lei Estadual de Incentivo ao Esporte de MG, nº 20.824/2013, regulamentada pelo decreto estadual nº 46.308/2013, possibilita que a dedução entre 0,01% e 3% do ICMS corrente devido pelas empresas, seja destinada a projetos esportivos aprovados pela Secretaria de Estado de Esportes (SEESP).

Lei Paulista de Incentivo ao Esporte

Possibilita à iniciativa privada apoiar projetos esportivos elaborados por entidades privadas sem fins lucrativos de natureza esportiva ou por Prefeituras no Estado de São Paulo, através de patrocínios provenientes de renúncia de ICMS por parte do Estado, que abre mão de parte de sua arrecadação do imposto, para que a empresa possa investir diretamente esses recursos em projetos esportivos aprovados pela pasta.

Comitê Brasileiro de Clubes

É uma fonte exclusiva para clubes formadores de atletas, com recursos advindos das loterias, repassados pela CBC aos clubes imediatamente após aprovado o projeto.